| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Boletim ECOLÓGICO Online
Desde: 02/02/2010      Publicadas: 90      Atualização: 24/02/2016

Capa |  Pró-Fundação Sabor Natureza  |  Carváo Náo  |  Clima  |  ECOLÓGICO Notícias  |  ECOTV  |  Entrevistas  |  Mobilidade  |  Mundo  |  Opinião  |  País  |  RádioECO  |  Reportagens  |  ViVerdeBambu


 ECOLÓGICO Notícias

  18/05/2010
  0 comentário(s)


Rio Fortuna debate a Fosfateira

Rio Fortuna, Segunda-feira (10) Jovens, estudantes, lideranças locais e da região, debateram sobre o futuro ambiental da região sul, com vistas a polêmica licença ambiental concedida pela FATMA (caçada por liminar na justiça) para a mineração de fosfato em Anitápolis pela IFC.

Rio Fortuna debate a Fosfateira
O Evento teve como objetivo reforçar a posição contrária a instalação da FOSFATEIRA. O Projeto Anitápolis que pretendia minerar fosfato em plena mata atlântica e sobre a nascente do Rio Pinheiros, na comunidade de São José dos Pinheiros, na cidade de Anitápolis. A IFC, já havia conquistado a licença ambiental previa LAP, num ato discutível para um órgão oficial de proteção ambiental do estado de Santa Catarina, como a FATMA. Com base no IEA-RIMA que a empresa apresentou para o realizar, o famigerado, "Projeto Anitápolis" Com inúmeras falhas e dados inconsistentes e até forjados, o Ministério Público Federal, acatou a liminar, (impetrada pela ONG Montanha Viva, através do advogado Eduardo Bastos Moreira Lima) suspendendo a licença. Mesmo assim o Governo do estado, a FATMA e a empresa IFC, tentaram derrubar a liminar por várias vezes, indo até o Tribunal Superior Regional da 4ª Região em Porto Alegre. A liminar foi mantida, porém neste período a IFC, empresa formada pela BUNGE e YARA, foi vendida com o setor de fertilizantes do Grupo, para a mineradora, VALE. Até o momento não houve nenhum pronunciamento da atual proprietária sobre o destino da IFC- Indústria de Fosfatados Catarinense. Para dar sustentação à liminar e permitir a livre opinião e participação da sociedade, sobre o assunto, a ONG Montanha Viva e o Grupo Nascentes, juntamente com outras organizações, tem promovido debates e audiências públicas na região, afim de informar e alertar as cidades da região, que poderiam ser atingidas pelos efeitos danosos da FOSFATEIRA. Neste dia 10 de maio, em Rio Fortuna, houveram 3 reuniões (manhã, tarde e noite) onde estudantes locais, lideranças e a comunidade, puderam conhecer os pareceres técnicos, sobre os riscos que embassaram a decisão da justiça para a concessão da liminar. Os riscos ambientais e consequências à saúde da população, bem como os impactos na economia da região, foram evidenciados até mesmo por estudantes, numa demonstração da importância de serem ouvidos e informados, sobre os projetos que envolvem a os destinos da região. Deliberação: Ficou como sugestão dos estudantes e debatedores, que será elaborado um abaixo assinado da comunidade, contrário a fosfateira para ser encaminhado ao prefeito, (que esteve presente ao evento, manisfestando-se, também contrário ao projeto) e autoridades, pedindo que o município também subscreva a liminar, contrária a mineração em Anitápolis. Veja AQUI a cobertura da ECOTV ao ciclo de debates realizados em RIO FORTUNA Para saber + sobre o assunto consulte sobre fosfateira na barra de pesquisa em nossa página. Siga-nos no Twitter http://twitter.com/ECOTV http://twitter.com/SaborNatureza


  Mais notícias da seção Nascentes no caderno ECOLÓGICO Notícias
20/05/2010 - Nascentes - Indústria de Fosfatados Catarinense: Cresce número de órgãos contra a IFC
A comissão da Pastoral da Terra, de Tubarão, engrossou a ação contra a empresa por meio da entrega de um abaixoassinado com mais de seis mil rubricas. ...



Capa |  Pró-Fundação Sabor Natureza  |  Carváo Náo  |  Clima  |  ECOLÓGICO Notícias  |  ECOTV  |  Entrevistas  |  Mobilidade  |  Mundo  |  Opinião  |  País  |  RádioECO  |  Reportagens  |  ViVerdeBambu
Busca em

  
90 Notícias


Entrevistas
 

Energia

 

Publicação coloca em xeque a necessidade de Belo Monte

 

Internacionais

 

Cheias no Rio: OMM sugere maior coordenação com defesa civil


Mundo
 

RádioECO

 

Seminário em Lisboa debate os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

 

Energia

 

Planeta vive momentos decisivos para transição energética

 

Pesquisa

 

Aquecimento global: oceanos absorvem cada vez mais calor, diz estudo

 

Rural & Campo

 

Mudança climática provoca ataques de gafanhotos na Argentina


Opinião
 

Urbanismo & Cidades

 

Iluminação do ponte pênsil de Tubarão, qual sua opinião?

 

Legislação

 

Mariana e Anitápois o que há em comum?

 

Legislação

 

Código Florestal: processo de reforma precisa de novos rumos

 

Saúde

 

A pendenga do incinerador de Laguna-SC


País
 

Eventos

 

"Bola de fogo" explode sobre Atlântico a mil quilômetros da costa do Brasil

 

Legislação

 

Justiça prorroga prazo para Samarco pagar indenização por danos socioambientais

 

Pesquisa

 

Brasil registra mais de 300 espécies da flora por ano

 

Economia

 

Ação de madeireiros ilegais ameaça promessa de zerar desmatamento até 2030

 

Energia

 

Belo Monte poderá ter problemas para escoar parte da energia gerada

 

Legislação

 

Justiça suspende licença de operação de Belo Monte


Reportagens
 

Alternativas & Inovações

 

Fundação Biosfera propõe apoio internacional na recuperação da Bacia Hidrográfica do Rio Tubarão e Complexo Lagunar

 

Internacionais

 

Após tragédia, Brasil discute falta de preparo para desastres, diz "NYT"


ECOTV
 

Parceiros

 

Sustentabilidade e a sociedade para o desenvolvimeto turisco do sul de Santa Catarina

 

Política

 

Laguna adere a Ação contra a Fosfateira de Anitápolis

 

Nascentes

 

Monitoramento do Rio Tubarão da foz as nascentes

 

Audiovisuais

 

Veja AQUI a ECOT!V!


ECOdicas
 

Oncologia

 

Erva daninha pode curar câncer de pele

 

RádioECO

 

A Solidariedade Toca Aqui...

 

Parceiros

 

Trisãmya Alimentos Naturais e Plantas Medicinais


RádioECO
 

Internacionais

 

Após reunião com com Dilma, Banco Mundial anuncia empréstimo ao Rio

 

Audiovisuais

 

RádioECO você grita e tem resposta!